Copyright © Acho que preciso disso...
Design by Dzignine
31 de dezembro de 2012

Surtos Circuitos: Ano novo

Surtos Circuitos: Ano novo: Lá bem no alto do décimo segundo andar do ano Vive uma louca chamada Esperança E ela pensa que quando todas buzinas Todos ...
1 de dezembro de 2012

Ter um tempo só pra mim!

Hoje decidí fazer uma arrumação diferente nas minhas coisas. Uma nada parecida com as faxinas nos armários, daquelas que tornam-se absurdamente longas e cansativas que acabam comprovando a teoria de que armário tem vida própria e bagunça advém de geração espontânea.
Ao contrário de mexer com isso, fiz o seguinte: coloquei uma música especial ,afinal, a música tem que estar sintonizada à sua essência, em cada momento. Costumo dizer que tenho uma música para cada fato da minha vida. Para esse final de manhã, escolhí a trilha sonora de "O fabuloso destino de Amelié Poulaín". Simplesmente maravilhosa.

12 de outubro de 2012

Encontrar a solução para TPM... urgente!



Se você achar o quadrinho abaixo totalmente normal, é porque já se viu em situação similar. Mulher sofre...
16 de setembro de 2012

A terapia do salão

Sempre fui daquele tipo de pessoa que fica correndo atrás de mecanismos para agilizar meus trabalhos e para que? Para ter mais tempo para inventar mais coisas para fazer. Parece louco isso, mas é mais comum do que se pode imaginar. Não é um privilégio meu não me permitir o ócio. O mundo está tão competitivo e são tantas as cobranças, que entramos numa rotação acelerada sem nos darmos conta do quão desnecessária e maléfica são as rotinas que impomos a nós mesmos. 
Comecei a me dar conta disso quando percebí que não lia os livros que gostaria de ler, mas o que achava que precisavam ser lidos. E por que isso? Porque estava robotizada a tal ponto que nem raciocinava mais. Reparei as inúmeras vezes que havia desmarcado o meu horário no salão, por priorizar qualquer outra coisa. Isso estava errado. Muito errado. 
Toda mulher precisa de uma hora só dela, para se cuidar, desligar do mundo e recarregar as energias. Você tem que encontrar um lugar com astral lá no topo, divertido, ambiente bacana e acima de tudo, com os profissionais que te entendam. Afinal, cabeleireiro é meio terapeuta, meio mago, e tem o poder (e a paciência) de escutar lamúrias e fazer milagres.

13 de julho de 2012

Mulheres enfrentando seus lobos

Minha amiga Dri me mandou este vídeo. Confesso que arrepiei quando assistí, pois ele em pouco tempo mostra do que nós, mulheres, somos capazes. 

12 de junho de 2012

Saber literalmente o que significa "descer do salto"

The Ultimate Runway Model Fails Compilation 


 

28 de abril de 2012

Usar um esmalte psicodélico

A mistura criou uma coloração psicodélica.
Hoje parecia o dia mundial da preguiça: cidade meio vazia por conta do feriado que se aproxima, poucos carros na rua e um tempinho bom pra ficar na cama. Levantei animadérrima para dar aquela ida ao salão e fazer tudo a que tinha direito. Cortar e pintar os cabelos, fazer as unhas e bater o papo gostoso e divertido (sempre morro de rir), dos casos cujos protagonistas são os próprios contadores ou um de seus colegas. 
Pra variar, retoquei o roxo básico do meu cabelo e antes que eu pudesse pensar em dizer o "de sempre" para as minhas unhas, que estão sempre de esmalte preto, não é que a Karina me apresenta uma de suas invenções bacanudas? Não resistí, porque não é somente um esmalte. É um trabalho artesanal, feito com pauzinho, como uma paleta de cores sendo misturadas... uma coooisa. E ainda usa o meu querido preto, que aliás a indústria de cosméticos conseguiu a proeza de criar pelo menos uns 10 tipos de pretos diferentes. Faz sentido para você? Pois é, para mim também não.
Tintura esmalte criado pela Karina do Salão Philos
A mistura de preto e verde criou um tom "verde Besouro". Arrasou Karina!

1 de abril de 2012

O que nos torna incríveis

A vida é feita de escolhas. A de cada um está em suas mãos!
O ser humano é tão complexo, tão complicado na forma de lidar com as coisas e de se relacionar com o outro que ele próprio torna a sua vivência praticamente numa espécie de "luta pela sobrevivência". É como se todo o tempo ele estivesse sendo testado, competindo e com isso tendo que provar alguma coisa a alguém. Soa dramático? Pode ser, mas se você olhar ao seu redor e talvez para dentro de sí mesmo verá que não há exagero. Certamente você conhece pessoas assim, estressadíssimas e/ou infelizes pelo simples fato de transformar tudo em problema. Ou que tentam achar um sentido oculto em absolutamente tudo e com isso perdem a essência, o prazer de realizar algo descompromissado simplesmente por não ter uma resposta enorme que justifique um ato. "Tomar um café expresso numa padaria e sair? Por que? Eu nunca parei nesse lugar antes... E por que fulano está me convidando? Aposto que quer pedir alguma coisa..."  Que triste pessoas que pensam assim. Pare, saboreie seu café e pronto. O que importa é o fato de exercer a simplicidade. Tente trazer essa leveza para a sua vida. Lembra do poema de Drummond? "No meio do caminho havia uma pedra. Havia uma pedra no meio do caminho...". Pois é, era realmente só uma pedra. Dificil é ser simples. Mas dificil mesmo é ser...
15 de fevereiro de 2012

Dossiê de beleza: 10 perguntas sobre as primeiras rugas

Dossiê de beleza: 10 perguntas sobre as primeiras rugas

A especialista Lígia Kogos tira dúvidas sobre essa vilã das mulheres

Cibele B. Costa
Você só tem 25 anos e não pensava na possibilidade de ter rugas tão cedo. Mas eis que elas aparecem de fininho (as tais rugas de expressão), para seu desespero total. Mas como informação é tudo, preparamos um dossiê especial sobre elas (essas vilãs!), em forma de questões respondidas pela especialista Lígia Kogos, dermatologista de São Paulo.  
Foto:  Shutterstock
Os primeiros sinais de envelhecimento da pele surgem na lateral dos olhos, nos cantos do nariz e na boca (Foto: Shutterstock)
CRIATIVA: O que são as primeiras rugas? Onde elas aparecem?
Ligia Kogos: As primeiras rugas são o resultado das diferentes expressões do rosto: nada mais do que a musculatura que se movimenta quando sorrimos, choramos, falamos. Com o passar do tempo, a elasticidade da pele diminui e, ao voltar à posição de repouso, guarda resquícios desses movimentos. As primeiras rugas surgem onde a pele e a musculatura são mais solicitadas: na lateral dos olhos e nos cantos do nariz até a boca.
CRIATIVA: Por volta de que idade as primeiras rugas aparecem?
Ligia Kogos:
Elas variam de pessoa para pessoa, mas é possível que os primeiros sinais apareçam a partir dos 25 anos. Esta variação se deve tanto a fatores genéticos como a hábitos de vida: fumo, exposição frequente ao sol, stress etc.
CRIATIVA: Se eu tiver minha primeira ruga aos 25 anos, vou parecer uma uva passa aos 40?
Ligia Kogos: Não se você tomar as providências necessárias, como: deixar de fumar, passar a usar protetor solar, dormir melhor. Aos 25 anos as primeiras rugas aparecem por conta de fatores ambientais (exposição ao sol, perda de colágeno devido ao fumo), e também de genéticos (a pele clara torna alguém mais vulnerável ao sol, por exemplo).
CRIATIVA: Se eu tiver a pele seca, vou ter rugas mais rápido que as outras mulheres?
Ligia Kogos:
A pele seca, geralmente também clara, pode ser mais vulnerável e predisposta às rugas finas, após os 40 anos. A pele oleosa, apesar de menos propensa às rugas finas, pode apresentar rugas que vão dos cantos do nariz até à boca e na testa. Portanto, todos os tipos de pele merecem cuidados de prevenção, pois todas têm suas "fraquezas".
CRIATIVA: E recomendável usar cremes para peles maduras desde os 30 anos?
Ligia Kogos: Se pensarmos no estimulo à produção de colágeno, firmeza, reversão de rugas existentes, refinamento de poros, sim! Claro que a mulher ainda jovem, cheia de hormônios sexuais, pode ter uma predisposição maior às espinhas se usar cremes antirrugas do que as que têm mais de 60 anos. Grandes rejuvenescedores, como os ácidos e a vitamina C, podem ser usados em qualquer idade. Alguns componentes especiais, como o hormônio feminino estradiol (estrógeno), é usado perto dos 40 anos ou mais.
CRIATIVA: A maquiagem pode retardar a chegada das primeiras rugas?
Ligia Kogos:
Sim, já que a maquiagem pode auxiliar muito na proteção solar do dia a dia. Bases, pós e corretivos podem fazer com que áreas especialmente sensíveis do rosto estejam bem mais protegidas das agressões solares, vento e poeira.
CRIATIVA: Usar produtos antes da aparição das primeiras rugas é contra produtivo?
Ligia Kogos: De nenhum modo. Os ácidos glicólicos, os alfa-hidróxiácidos e a vitamina C são usados por todas as faixas etárias. O que se deve evitar são cremes gordurosos para peles mistas e oleosas (frequentes nas mulheres jovens) ou cremes com hormônios em mulheres em fase fértil ou tomando pílulas anticoncepcionais para não facilitar o aparecimento de manchas. Mas o conceito anti-aging é preventivo, indicado desde as fases mais precoces.
CRIATIVA: Qual a influência do que eu como (bebo ou fumo) sobre a aparição das primeiras rugas?
Ligia Kogos:
O fumo é devastador: ele se traduz em rugas, ressecamento, flacidez, aspecto pálido e abatido, olheiras fundas, marcas de expressão. O álcool em excesso compromete o teor geral de proteínas e a elasticidade da pele diminui. A alimentação deve ser rica em proteínas, verduras e frutas frescas e pobre em açúcar para impedir o aparecimento de radicais livres, que quebram as fibras colágenas e favorecem o envelhecimento precoce.
CRIATIVA: Como fazer a diferença entre a ruga de expressão e a ruga de velhice?
Ligia Kogos:
As rugas de expressão, que aparecem a partir dos movimentos musculares do rosto, são chamadas rugas dinâmicas, que se agravam com a idade cronológica. As rugas de velhice são estáticas e vistas mesmo com o rosto em repouso. Elas são decorrentes da degradação do colágeno, de causa ambiental e cronológica, que se acentua na medida em que o tempo passa.
CRIATIVA: As injeções retardam o desenvolvimento das rugas?
Ligia Kogos:
As injeções de toxina botulínica são eficientes no tratamento das rugas de expressão. Injetadas de acordo com a anatomia de cada rosto, fazem também o inigualável efeito "lifting". As injeções de preenchimentos (como as de ácido hialurônico) atuam muito bem em sulcos e rugas estáticas e também complementam o tratamento de rugas de expressão.
Além disso, os novos ácidos hialurônicos também estimulam a produção de colágeno e atraem água para as camadas profundas da pele, agindo como preventivos e hidratantes imediatos. A toxina botulínica e os preenchimentos constituem atualmente o que se chama de "lifting liquido" com inegáveis resultados rejuvenescedores.
Foto:  Shutterstock
Pele clara torna alguém mais vulnerável ao sol e, portanto, às rugas (Foto: Shutterstock)
Conheça as boas novidades em cremes antirrugas, por Lígia Kogos:
"Os cremes modernos contam com muitos componentes eficazes no combate e na prevenção às rugas. Temos avanços significativos no que se refere aos peptídeos de efeito Cinderela (descansando o semblante), substâncias que conferem brilho e diminuem as tensões superficiais da pele. Antioxidantes recém-descobertos vieram se juntar aos refinadores de textura, trazendo resultados animadores.
Enfim, são muitos os lançamentos na indústria cosmética mundial, mas o que importa é aprender a procurar nos rótulos os ingredientes que fazem mesmo diferença. Substâncias como: Instensyl, Citrolumine, Retnew, Nanoshine, Efaderma, Matrixyl, Phytoleites, Raffermine, Nanossomas e Multivitaminas são ótimos e se juntam bem com alguns clássicos da "velha guarda" da cosmetologia, como os ácidos (glicólico, alfa-hidroxiácidos AHA, ácidos de frutas como o Mixed Fruit, ácido ascórbico), o tocoferol, os glycans, o liftline, os lipossomas, o lipolight, os antioxidantes (licopeno) e os estimuladores (hidroxiprolisilane C)."
2 de janeiro de 2012

O inevitável recomeço

A história se repete. Depois de tantos preparativos para a festa de reveillon, o ano novo chega. E com ele o sentimento de que vamos fazer diferente, consertar o que, por um deslize ou algum outro motivo, fizemos de maneira errada. É um pensamento quase visual, vislumbrar o ano inteiro como um novo caminho a ser trilhado da maneira que julgamos ser melhor, tentando ser menos imperfeitos. Acho que isso é esperança ou fé. Não importa. O que vale é a maneira com que levamos essa idéia adiante. Começamos a rasgar papéis, separamos aquelas roupas que estão no armário há mais de dois anos esperando pelo dia em que nosso corpo vá se encaixar nela novamente e os sapatos que nunca foram usados, a não ser no dia em que foi comprado num rompante de consumo. Você se assusta quando enche uma ou até duas sacolas com "coisas" que ocupavam seus armários e que você nem se dava conta. E o pior (ou melhor) é que você jamais sentirá falta delas, pois elas nunca fizeram parte de sua vida. Essa é a prática do desapego. Mais fácil para umas pessoas do que para outras, não porque umas sejam melhores que as outras, mas porque algumas depositam sentimentos em objetos, ou simplesmente não foram acostumadas a compartilhar. Vale a pena tentar.
Acredito que devemos "limpar" nossos caminhos para que coisas novas aconteçam e que estejamos prontos para receber o NOVO. A longevidade de nossa memória depende do quanto estamos dispostos e abertos a aprender. Não se feche para as novidades, não tenha medo de perguntar e de dizer que não sabe e acima de tudo, não tenha medo de errar.
Temos um ano pela frente e depois dele muitos outros anos ainda virão.
Que possamos crescer interiormente em cada um deles, lembrando que sempre haverá tropeços e pedras no caminho. Cair qualquer um pode, mas ficar caído é uma questão de escolha.
Portanto, aprenda a se levantar e de cabeça erguida. Pense que este ano, 2012 será o SEU!

Cláudia Braga